Como ajudar seu filho a ficar concentrado nos estudos em casa?

Dicas para ajudar seu filho a fazer render os estudos em casa 

Celular, tablet, computador, televisão, alto-falante e até mesmo relógios inteligentes fazem cada vez mais parte da realidade das crianças. Trata-se de uma geração que, desde os primeiros dias de vida, estabelece um contato muito próximo com a tecnologia e recebe estímulos visuais e sonoros de todas as direções. 

Somam-se a isso o entra e sai dos familiares dentro de casa, o falatório dos pais ao telefone, os animaizinhos de estimação pedindo atenção, o barulho da furadeira na obra do vizinho, o som das buzinas dos carros nas ruas, o cansaço depois de um dia cheio… Ufa! Tem mais alguma coisa? Aposto que você já pensou em várias outras situações que tornam muito difícil controlar a própria mente e concentrar-se em apenas uma atividade de maneira eficiente. 

Em tempos de pandemia do novo coronavírus e um longo período de quarentena, o fluxo de pessoas dentro de casa aumentou e, consequentemente, ficou mais difícil realizar atividades que exigem concentração nesse espaço.

Dessa maneira, não houve saída: fez-se necessário tornar a rotina dentro de casa um pouco mais rígida e estabelecer horários, ambientes e combinados para que os pais conseguissem trabalhar no regime de homeoffice e as crianças continuassem os seus estudos de forma remota.

Todavia, mesmo os adultos, que têm noção da importância do trabalho e dos estudos, estão sentindo dificuldade em permanecer focados nos seus afazeres neste “novo normal”. Imagine as crianças, então, que ainda não enxergam essa importância com tanta clareza? 

Se, para muitas crianças, já era difícil resistir aos estímulos ao seu redor e ficar concentrado nos estudos mesmo com uma rotina bem definida e um espaço devidamente adequado para assistir às aulas (a escola), o ano de 2020 provocou ainda mais atribulações alterando tudo isso.

Porém, por mais que as circunstâncias sejam desafiadoras, é preciso encontrar maneiras de atenuá-las e colaborar o máximo possível com o aprendizado dos filhos nestes tempos. 

Estudar não é uma atividade passiva: ao aprender um assunto novo ou revisar um conteúdo antigo, deve-se mobilizar conhecimentos adquiridos anteriormente, estabelecer relações e buscar desenvolver cada vez mais autonomia na resolução dos exercícios propostos, cujo nível de dificuldade aumenta gradativamente.

Para que isso de fato aconteça, é necessário privar-se das distrações e conseguir focar no que se deve fazer.

Contudo, sem a colaboração dos pais e da escola, as crianças tendem a se sentir perdidas e seu rendimento nos estudos fica aquém do esperado.

Por isso, a compreensão da importância da concentração dos pequenos nos estudos em casa por parte dos pais é essencial. 

A fim de auxiliar neste processo, preparamos algumas dicas que você pode seguir para ajudar seu filho a ficar concentrado nos estudos em casa. Quer saber quais são? Continue a leitura! 🤓

Organização do ambiente de estudos

O primeiro passo para ajudar seu filho a ficar concentrado nos estudos em casa é pensar no espaço mais adequado que você tem para alcançar esse objetivo. Uma das características fundamentais desse espaço é que ele seja devidamente organizado. Para isso, deve dispor de móveis que permitam à criança sentar-se confortavelmente e apoiar seu material escolar, como uma cadeira macia e uma escrivaninha ou uma mesa. O ambiente também deve oferecer boa iluminação e circulação de ar adequada, para que o seu filho não se sinta sufocado enquanto estiver lá dentro. Procure manter o espaço sempre limpo e evite deixar as coisas jogadas sobre os móveis. Um ambiente de estudos não pode ser um lugar desagradável. 🪑

Mantenha silêncio no local de estudos

Quanto mais pessoas estiverem dentro de casa, mais difícil será manter o silêncio. Entretanto, o que fazer quando isso for inevitável? O barulho é um estímulo que dificulta a concentração. Por essa razão, a dica é que o ambiente de estudos do seu filho seja o mais afastado possível daqueles ambientes mais ruidosos, como a sala de estar e a cozinha. Dessa forma, o som externo não prejudicará a concentração do estudante. Caso haja limitação de espaço para isso, os membros da casa podem definir horários em que cada um fará as suas próprias atividades e o silêncio será mantido por todos. 🔇

Ensine-o a conciliar trabalho, descanso e lazer

O equilíbrio ao conciliar trabalho, descanso e lazer é condição necessária para que os estudos resultem, de fato, na assimilação do conteúdo estudado e seja possível avançar. Assim como momentos de concentração são indispensáveis para um bom rendimento nos estudos, é uma ilusão pensar que se pode manter o foco na mesma atividade por diversas horas seguidas e fazer sempre a mesma coisa. Por isso, estabeleça uma rotina que preveja horários de estudo intercalados com pausas breves para alongar o corpo, fazer refeições leves e dar uma respirada. Dessa forma, será possível retomar a concentração que, depois de algum tempo, é naturalmente perdida. Além disso, a rotina também deve conter momentos de descanso e lazer. Respeite o seu corpo! 🙆

Ajude-o a achar um método de estudo adequado

Não existe um único método de estudo disponível e nem mesmo aquele que é “certo”: existem aquele ou aqueles que são mais adequados ao processo de ensino e aprendizagem do seu filho. Entretanto, descobri-los pode requerer a orientação da escola e dos pais. Por isso, diversifique as formas como seu filho aprende: leitura silenciosa, resolução de exercícios, videoaulas, discussão do assunto com os colegas, jogos educativos… Isso será capaz de proporcionar mais autonomia e autoconhecimento para ajudar seu filho a ficar concentrado nos estudos em casa. 🗣️

Estimule a prática de atividades físicas e os cuidados com o sono

Conforme dito anteriormente, a rotina das crianças deve prezar pelo equilíbrio. Nela devem estar incluídas condições de suma importância para que o potencial da mente do seu filho seja explorado ao máximo: a prática de atividades físicas e os cuidados com o sono. Diversos estudos científicos vêm corroborando uma ideia suscitada há muito tempo: os exercícios físicos e o sono são capazes de provocar alterações na estrutura cognitiva de cada um de nós. Praticar esportes e dormir bem estão relacionados à capacidade de concentração e ao desempenho nos estudos. Sendo assim, estimule seu filho a se mexer durante o dia e garanta que a sua noite de sono seja suficientemente tranquila. 🛏️

Incentive o uso adequado da internet

Este ano atípico também mostrou que, se usada de maneira adequada, o uso da tecnologia pelas crianças é muito importante. Sobre as redes sociais, é preciso entender que devem ser silenciadas durante os momentos de estudo, pois o dinamismo com que elas operam faz com que nossa atenção se perca facilmente. Em vez disso, oriente seu filho a utilizar a internet para navegar por portais educativos e capazes de fixar o seu aprendizado com material complementar sobre determinado assunto. Existem jogos educativos que estimulam o raciocínio lógico para a resolução de problemas, documentários sobre escritores importantes da nossa literatura e esquemas interativos para uma visualização microscópica de estruturas dos seres vivos, por exemplo. Aproveite! 👩‍💻

Ensino Fundamental 2 - do 6º ao 9º ano

Ensino Fundamental 2 – do 6º ao 9º ano

O Ensino Fundamental II marca uma nova e importante etapa na vida acadêmica dos alunos. As mudanças que ocorrem neste momento são evidenciadas pelos seguintes aspectos:

  • Aumento da demanda de estudo em casa;
  • Aumento das responsabilidades;
  • Necessidade de desenvolver mais autonomia;
  • Número maior de professores e conteúdos;
  • Transição da infância para a pré-adolescência.

Conheça nosso projeto pedagógico para alunos do Fundamental 2 →

E aí, gostou do nosso post sobre como ajudar o seu filho a ficar concentrado nos estudos em casa? Comente abaixo e compartilhe com os amigos! 😉

04/12/2020
Gabriel Walter Fuchsberger