Como ensinar sustentabilidade para crianças?

Sustentabilidade é um tema muito popular na atualidade, mas será que sabemos de fato o que é? Ser sustentável não deve ser uma filosofia de vida pensando somente no planeta, mas em nós mesmos e no que esperamos do futuro.

Ensinar sustentabilidade para crianças é uma contribuição significativa para a construção de um mundo melhor. É preciso entender que o papel delas não é simplesmente dar continuidade a um legado. Elas precisam incorporar esse princípio e serem protagonistas das mudanças necessárias, mesmo que, no começo, o reflexo dessa nova forma de pensar seja refletida em pequenas ações apenas.

Mas, como educar uma criança sobre atos sustentáveis? Como criar um hábito, sem ser maçante? Qual a melhor forma de entenderem a importância disso para elas mesmas e para nosso planeta? São dúvidas importantes, as quais procuramos sanar com este post. Continue lendo para saber!

O que é sustentabilidade?

Sustentabilidade refere-se, basicamente, à saúde do planeta. Ser sustentável requer atos conscientes em relação ao consumo diário. O futuro do planeta, e de nossos filhos, são os fatores que mais influenciam as pessoas a assumirem hábitos sustentáveis.

Os hábitos sustentáveis buscam tornar nosso cotidiano menos agressivo ao planeta. Buscam afetar o mínimo possível o impacto ambiental da nossa presença no mundo. Esses hábitos encontram-se nas coisas mais simples que você pode imaginar, como o tempo que levamos para tomar um banho.

São pequenas mudanças que nos levam a grandes conquistas. É preciso ensinar sustentabilidade para crianças, pois quanto mais cedo criarem a consciência da importância que isso tem, maiores as chances de conseguirmos mudar o rumo da vida. Parece papo furado, mas não é, basta continuar a leitura para perceber.

Ensino Fundamental 1 - do 1º ao 5º ano

Ensino Fundamental 1 – do 1º ao 5º ano

O ingresso no Ensino Fundamental é um momento desafiador não só para o aluno, por estar se aproximando de um novo universo de conhecimentos e experiências, mas também para os familiares, que necessitam apoiar a criança na transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental. O Colégio Geração desenvolve atividades e propicia um ambiente escolar que auxiliam o aluno no processo de adaptação a esta nova etapa.

Conheça nosso projeto pedagógico para alunos do Fundamental 1 →

Qual a importância da sustentabilidade para a vida?

Será que sabemos o impacto ambiental que um simples canudo pode gerar para a vida marinha de nosso planeta? Ou melhor… Será que damos a devida importância à vida de outras espécies em nosso planeta? Pois é, são questionamentos profundos, afinal, não há como dar importância sem uma boa reflexão sobre esse assunto.

A sustentabilidade é essencial para suprir as necessidades de hoje, sem comprometer as próximas gerações. É pensar no futuro dos nossos filhos, netos e de todas as outras formas de vida. É entender que, o que fazemos, afeta sim o próximo.

Um exemplo simples é a alimentação. Já pensou na quantidade de agrotóxicos que estão sendo colocados nos alimentos e o quanto eles prejudicam a nossa vida e a do planeta? É importante dar preferência para alimentos orgânicos, pois assim você estará evitando a contaminação do solo, da água, do ar e, principalmente, os malefícios dessas substâncias à saúde de nossa família.

Outro ponto importante a refletir é sobre a água. Você já parou para pensar na quantidade de água que gastamos diariamente e até quando o planeta terá água potável para suprir toda essa demanda? Controlar o consumo de água, além de ser uma medida sustentável, ajuda também no orçamento familiar.

Em suma, a sustentabilidade busca a conscientização sobre esses e muitos outros aspectos que podem tornar-se um problema para a manutenção da vida humana no planeta Terra. Por isso é importante ensinar nossos filhos sobre essa urgente necessidade de mudança de hábitos. A seguir apresentaremos ideias de como ensinar sustentabilidade para crianças.

Como ensinar sustentabilidade para crianças?

Vamos influenciar nossas crianças a crescerem com a consciência sobre o que é sustentabilidade e como aplicá-la no dia a dia? Afinal, é muito mais fácil começar desde cedo, colocando a sustentabilidade como parte fundamental da educação infantil.

Há diversas formas de inserir hábitos sustentáveis na vida das crianças. Além dos que citaremos a seguir, você pode começar explicando a importância de coisas mais simples, como da água, a forma correta de descartar o lixo, o impacto negativo do desperdício de energia elétrica.

Dicas para ensinar sustentabilidade para crianças:

Jogos – Transforme atos em brincadeiras e desafios, como a reciclagem. Cada item descartado no lugar correto vale “X” pontos. Tornar a aprendizagem divertida facilita e motiva o entendimento;

Placas – Deixar plaquinhas informando o que deve ser feito, como para fechar a torneira após o uso. Procure fazer plaquinhas que chamem a atenção, usando as cores ou desenhos preferidos;

Adesivos – Utilizar adesivos para incentivar uma ação também é outra ótima ideia, como colocar adesivos que brilham no escuro nos interruptores, ou uma constelação fluorescente no teto do quarto.

Aproveite a leitura e saiba como incentivar seu filho a prática de esportes!

O que ensinar?

Ao ensinar sustentabilidade para crianças é preciso ter em mente a diversidade de coisas e conhecimentos que podem ser transmitidos a elas. Veja alguns abaixo:

1) Banhos devem ser rápidos

Tomar banho é bom, nós sabemos, mas não há necessidade de demora. Isso fará com que a criança economize litros de água que poderiam ser utilizados para outros fins. Para isso, brinque que tomar banho rápido é um desafio a ser cumprido. Através de uma simples brincadeira, o ato pode tornar-se um hábito de forma divertida;

2) Excesso de brinquedos

Ter uma diversidade de brinquedos é ótimo, mas para que tantos brinquedos se vários não são utilizados? Diversão não deve ser baseada em coisas, mas em atos. Uma criança não precisa de uma coleção de ursinhos, barbies ou carrinhos, por exemplo. Por mais legal que possa ser, isso tem um custo, tanto financeiro, quanto sustentável;

3) Moderar o uso da eletricidade

De que adianta manter uma luz acesa se o cômodo não está sendo utilizado? Para que deixar a TV ligada se ninguém está assistindo? Cuidar do consumo de energia é economia para a família, além de trazer benefícios ao planeta. Afinal de contas, ainda utilizamos fontes energéticas que geram poluentes na atmosfera e trazem malefícios para o meio ambiente, como os combustíveis fósseis;

4) Consumir menos alimentos industrializados

Alimentos industrializados, além de contar com uma alta quantidade de ingredientes prejudiciais à saúde, trazem embalagens de difícil decomposição. Embalagens que costumam ser descartadas de forma equivocada, terminando em nosso solo e/ou oceano;

5) Separar o lixo corretamente

A reciclagem é algo fácil de ensinar às crianças. É interessante ensinar a cuidar dos resíduos produzidos em casa, como a compostagem e o que pode gerar de positivo para o solo e as plantas;

6) A importância de plantar

Dando continuidade ao assunto acima, plantar é uma ótima forma de ensinar o que as plantas fazem com nosso ar e qual sua importância para a vida no planeta. A compostagem ajudará as plantas a crescerem com mais “saúde”;

7) Doar ao invés de jogar fora

Se pararmos para prestar atenção, veremos que descartamos muitas coisas que poderiam ser simplesmente doadas para outras pessoas. Roupas que deixam de servir, brinquedos que já não agradam mais as crianças, itens que não utilizamos e por aí vai. Tudo isso pode ser doado, mesmo aquelas coisas que achamos que ninguém irá querer, sempre tem alguém que ficará feliz em receber.

Esperamos que esse post incentive a ensinar sustentabilidade para crianças, elas são o futuro da humanidade e merecem um planeta com condições favoráveis para viver!

Nos acompanhe no Instagram!

12 Brincadeiras de Infância

12 Brincadeiras de Infância – baixe nosso ebook

Há coisa melhor que aproveitar o final de semana com os filhos? Existe uma diversidade de brincadeiras que marcaram nossas infâncias e podem aproximar pais e filhos. Nesse sentido, preparamos um material para “refrescar” sua memória.

Brincar é uma atividade imprescindível para o desenvolvimento motor e a formação da criança. O tempo compartilhado com seu filho estabelece vínculos estáveis e duradouros.

Baixe nosso Ebook agora mesmo →

21/08/2019
Jade Zart