Dicas de Prevenção para o Coronavírus

Declarada pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na última quarta-feira, 11 de março de 2020, a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), já chegou a mais de 100 países. Diz-se novo porque faz parte de uma família já conhecida, composta por outros vírus que causam infecções respiratórias em humanos e animais.

No Brasil, o primeiro caso confirmado foi em 25 de fevereiro de 2020, em São Paulo. Logo após, outras dezenas de casos foram confirmados no país, e há centenas de outros casos suspeitos. Neste post, falaremos um pouco sobre a doença e traremos dicas de prevenção para o coronavírus. 

Como e Onde Surgiu?

De acordo com reportagem publicada pelo G1, a origem da doença tem relação com o consumo de carne de animais silvestres na China. Outra hipótese relaciona o vírus em humanos por meio do contato com a carne de cobras. Adiciona-se, ainda, que outras possibilidades de explicação da transmissão do vírus para humanos não devem ser descartadas.

O início do surto se deu em Wuhan, metrópole chinesa com 11 milhões de habitantes (para fins de comparação, São Paulo tem pouco mais de 12 milhões). O primeiro alerta para a doença foi emitido em 31 de dezembro de 2019, pela OMS. Desde então, o vírus já se espalhou por todos os continentes.

De acordo com recentes pesquisas divulgadas, o primeiro contágio ocorreu de animal para humano. Depois, o vírus foi se espalhando de pessoa para pessoa. Existem evidências, inclusive, de que a doença pode ser transmitida por pessoas que não apresentem os seus sintomas. Entretanto, as chances são menores e, de acordo com a OMS, o modo mais comum de contágio é por pessoas que apresentam os sintomas de Covid-19.

Quais são as Formas de Transmissão do Coronavírus?

As formas mais comuns de transmissão são por gotículas respiratórias que se espalham pelo ar. Assim, são maneiras propícias à transmissão:

Contaminação pelo ar Coronavírus

Transmissão pelo ar

  • Tosse;
  • Espirro;
  • Fala.

Também pode-se contrair a doença estabelecendo contato direto com a pessoa infectada, por meio de:

Contaminação por contato físico Coronavírus

Contato físico

  • Beijos;
  • Abraços;
  • Apertos de mão.

Além disso, superfícies não higienizadas também são locais em que o vírus pode viver e infectar outras pessoas.

Contaminação em objetos contaminados Coronavírus

Objetos contaminados

Os vírus podem sobreviver nessas superfícies ou no ar por horas ou até mesmo por vários dias. O contágio se dá ao tocar essas superfícies e levar as mãos até os olhos, nariz e boca.

Galeria de Fotos e Vídeos dos eventos e atividades escolares

Galeria de Fotos e Vídeos – Atividades e Eventos do Colégio Geração

Com uma história de mais de três décadas, o Colégio Geração consolidou-se como uma Instituição de Ensino que tem como Missão a educação de qualidade, o desenvolvimento integral do aluno, a participação coletiva numa educação inovadora e significativa. Capaz de formar cidadãos competentes e habilidosos, tanto para o mercado de trabalho, quanto para a convivência social e solidária. Por estes motivos, convidamos você a conhecer nossa Galeria de Fotos e Vídeos das Atividades e Eventos do Colégio Geração!

Conheça a Galeria de Fotos e Vídeos do Colégio Geração →

Quais são os Sintomas das pessoas infectadas pelo Coronavírus?

Os sintomas mais comuns de quem está infectado pelo novo coronavírus são: 

  • Tosse (seca ou com secreção); e 
  • Febre (acima de 37º).

Entre os mais graves, salientam-se:

  • Dificuldade respiratória aguda; e 
  • Insuficiência renal. 

Além disso, outros possíveis sintomas são: 

  • Dores no corpo;
  • Congestionamento nasal;
  • Inflamação na garganta;
  • Diarreia. 
Sintomas do Coronavírus

No início, os sintomas podem ser exatamente iguais aos de uma gripe. Entretanto, o novo coronavírus é mais perigoso, porque não existem vacinas nem tratamento específico. Por isso, é importante estar atento ao ambiente em que se circula e ao número de casos suspeitos e confirmados ao redor. 

Perfil das Vítimas

De acordo com a OMS, a maioria dos mortos é idosa (mais de 60 anos) e tinha outros problemas de saúde. Confira os dados disponibilizados até agora:

  • 97% dos casos fatais são de Hubei, na China;
  • 75% já eram vítimas de outras doenças, sendo as principais relacionadas a problemas respiratórios, diabetes e/ou hipertensão;
  • 80% dos óbitos tinham 60 anos ou mais.

Por enquanto, de acordo com nota divulgada pela Sociedade Brasileira de Infectologia nesta quinta-feira, 12/03/2020, “o momento é de prudência; não de pânico”

De acordo com a pediatra Dra. Ana Escobar, consultora de um programa de TV, o coronavírus têm letalidade baixa, com exceção para idosos e pessoas com doenças crônicas. Em jovens e crianças os sintomas são significativamente menores. 

A pediatra ainda afirma que o motivo de maior preocupação dos órgãos de saúde de todos os países é em relação a capacidade de disseminação deste vírus na população, não sendo pelos sintomas graves que produz na maioria das pessoas que não estão em grupos de risco e/ou não possuem mais de 65 anos. Estando fora desses grupos de risco, os doentes, em sua grande maioria, possuem apenas sintomas gripais que podem e devem ser tratados em casa.

A seguir, divulgaremos maneiras simples e eficazes de prevenção para o coronavírus, que devem fazer parte do cotidiano de cada um de nós, pois evitam também a propagação de outras doenças contagiosas. Confira a seguir.

Formas de Prevenção para o Coronavírus

As medidas de prevenção para o coronavírus são parte de etiqueta básica de higiene, servindo também para a prevenção de outras doenças contagiosas, como a gripe. A seguir, confira as principais formas de prevenção para o coronavírus.

  1. Lavar as mãos com frequência;
  2. Cobrir a boca e o nariz ao tossir/espirrar;
  3. Manter distância de ao menos dois metros de pessoas que estejam tossindo ou espirrando;
  4. Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, copos, etc;
  5. Manter os ambientes limpos;
  6. Permitir a livre circulação do ar nos ambientes, inclusive ônibus;
  7. Higienizar superfícies como mouses, teclados, celulares, maçanetas e demais objetos tocados com frequência;
  8. Evitar tocar nos olhos, no nariz e na boca;
  9. Cozinhar bem carnes e ovos.

Ao seguir as dicas acima, você estará de acordo com as recomendações internacionais de prevenção para o Coronavírus. Como se sabe, novas informações sobre a situação do novo coronavírus, no Brasil e no mundo, são divulgadas a todo instante. Em tempos de fake news exacerbadas, é importante tomar cuidado com a fonte dessas informações. Procure notícias em portais confiáveis, tanto regionais quanto nacionais, site do Ministério da Saúde do Governo Federal e site da Organização Mundial da Saúde (em inglês).

Alô Saúde Florianópolis

Para evitar a sobrecarga nos sistemas de atendimento à população, a primeira orientação da Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis é procurar o Alô Saúde.

Inaugurado nesta segunda-feira (16/mar), o serviço teve tanta procura que a linha telefônica ficou congestionada. Foram mais de 1,8 mil ligações para o 0800 disponibilizado pelo município, segundo o prefeito Gean Loureiro.

Para mais detalhes sobre o programa, acesse o site Alô Saúde.

Referências:

[1] G1 | Bem estar CORONAVÍRUS | COVID-19 | O QUE SE SABE. Acessado em 13 de março de 2020.

[2] Ministério da Saúde Campanha de prevenção ao Coronavírus. Acessado em 13 de março de 2020.

Ensino Médio - do 1ª e 2ª séries

Ensino Médio – do 1ª e 2ª séries

No Ensino Médio os desafios são ainda maiores. As atividades desenvolvidas, assim como o material didático utilizado, estão voltados aos vestibulares, ENEM e outros concursos. O Ensino Médio do Colégio Geração garante aos alunos uma base sólida de aprendizagem, excelente estrutura de ensino-aprendizagem, oportunidades para testar e aprofundar seus conhecimentos e desenvolver a confiança necessária para ingressar no Terceirão.

Conheça nosso projeto pedagógico para alunos do Ensino Médio →

19/03/2020
Fernando Barcellos