O que é Ensino Híbrido e sua Importância

O ano de 2020 começou como um ano que deveria ser como qualquer outro para pais e filhos: período de férias escolares durante o mês de janeiro e volta às aulas em meados de fevereiro. A partir daí, mais um ano letivo normal seria tocado em frente.

No entanto, a pandemia de Covid-19 rapidamente se tornou um problema de saúde pública global e muitas crianças não chegaram a ter sequer um mês completo de aula antes do fechamento das escolas. Assim como no resto do mundo, o Brasil precisou dar atenção especial às escolas e restringir a circulação de pessoas, pois são locais de convívio social intenso. Com isso, pais, filhos, professores e gestores escolares perceberam seus mundos virarem de cabeça para baixo.

Foi a partir de então que a tecnologia, que era encarada uma coadjuvante para as escolas, passou a assumir um papel central na mediação das relações de ensino e aprendizagem durante a quarentena.

Marcado por medidas mais ou menos restritivas de isolamento social, a depender do estado da federação, o ano de 2020 exigiu daqueles que ainda não tinham familiaridade com a tecnologia que a adquirissem o quanto antes para continuar os estudos e o trabalho remotamente.

Afinal de contas, nenhum de nós poderia prever até quando o isolamento social seria a única forma realmente eficaz para conter o avanço do novo coronavírus e foi preciso encontrar meios para prosseguir com o ano letivo, sob pena de prejuízos significativos para os estudantes dos ensinos fundamental e médio.

Dessa forma, o ensino remoto foi a solução encontrada pelas escolas para darem continuidade, na medida do possível, ao calendário escolar.

É possível vislumbrar um “novo normal” antes de uma vacina autorizar estarmos todos juntos novamente. E você, tem alguma ideia de como isso pode ser feito?

Um modelo a ser adotado por diversas instituições de ensino é o Ensino Híbrido. Ele não é uma novidade surgida exclusivamente por conta da pandemia, mas tem ganhado notoriedade neste ano porque mescla atividades presenciais e online. A sua principal vantagem neste momento é permitir um rodízio de alunos no espaço escolar e, dessa forma, facilitar o cumprimento das medidas sanitárias de distanciamento social.

Quer saber mais sobre o Ensino Híbrido e a sua importância? Continue a leitura! 🤓

Mas, afinal, o que é o Ensino Híbrido?

Conforme dito acima, o ensino híbrido é uma modalidade de ensino que mescla o ensino presencial e o online. Daí o nome “híbrido”, ou seja, aquilo que tem elementos diferentes em sua composição. 

Seu funcionamento acontece da seguinte forma: existe um rodízio de alunos para frequentarem o espaço físico da escola e terem aulas presenciais. São divididos, para tanto, dois grupos: o dos alunos que vão para a escola e o dos que ficarão em casa, inicialmente. Depois de certo tempo, o cenário se inverte: os alunos que, inicialmente, foram à escola, passam a ficar em casa. Já os alunos que, inicialmente, ficaram em casa, passam a frequentar a escola. 

A intenção é contornar o problema de que, devido às medidas de distanciamento social impostas com vistas ao controle da pandemia, nem todos os alunos poderão estar no mesmo lugar ao mesmo tempo, uma vez que aglomerações facilitam a propagação do vírus e aumentam o número de infecções. Com menos pessoas ocupando um espaço, é possível estabelecer uma distância maior e, portanto, segura entre elas. Ao dividirmos os alunos em grupos e estabelecermos o rodízio, todos terão oportunidade de frequentar a escola em determinado momento, ainda que, devido às condições, não possam estar todos juntos. 

Mas o que acontece com o grupo de alunos que fica em casa enquanto outro grupo vai à escola?

O grupo de alunos que ficará em casa não está liberado das atividades escolares e, muito menos, estará de férias! A proposta do ensino híbrido é justamente a de mesclar os ambientes presencial e online. Sendo assim, os alunos que estiverem em casa deverão assistir às aulas e fazer as suas tarefas por meio de uma plataforma na internet desenvolvida exatamente com esse intuito.

O Ensino Híbrido faz parte das metodologias ativas de ensino. Você sabe como elas funcionam? 🤔

O Ensino Híbrido e as Metodologias Ativas de Ensino

As metodologias ativas de ensino são práticas pedagógicas que visam a incentivar um protagonismo maior dos alunos no processo de ensino e aprendizagem, se comparadas às metodologias de ensino tradicionais. Nelas, os alunos participam ativamente da construção do conhecimento. 

O ensino híbrido parte do pressuposto de que é possível inserir a tecnologia na educação sem deixar de lado os benefícios das aulas presenciais. Acredita-se que é possível aproveitar o que há de melhor tanto em um meio quanto em outro.

Quais são os desafios da utilização do Ensino Híbrido

É claro que mudanças tão repentinas nas metodologias de ensino não são fáceis, principalmente quando impulsionadas por situações tão delicadas quanto a pandemia do novo coronavírus. A utilização do modelo de ensino híbrido requer adaptação tanto da escola quanto das famílias. Para que ele seja, de fato, eficaz, faz-se necessário montar novas estruturas, capacitar os professores, adequar os métodos de avaliação e analisar os recursos tecnológicos de que dispõem o corpo docente e o corpo discente. 👨‍💻

Quais as vantagens da utilização do Ensino Híbrido?

O ensino híbrido é uma excelente opção para inserirmos a tecnologia no ambiente escolar de maneira agregadora e crítica. Por meio da adoção de uma metodologia ativa de ensino, é possível estimular o senso de responsabilidade, autonomia e autodisciplina nos alunos desde cedo. O professor continua tendo papel privilegiado de mediador do processo de ensino e aprendizagem, porém de uma forma mais colaborativa do que impositiva.

Para o momento de grave crise sanitária que estamos atravessando, em específico, o ensino híbrido tem ainda a vantagem de permitir um retorno gradual e seguro às salas de aula.

E aí, gostou do nosso post sobre o ensino híbrido? Qual é a sua opinião? Comente abaixo e compartilhe com os amigos! 😉

Ensino Médio - do 1ª e 2ª séries

Ensino Médio – do 1ª e 2ª séries

No Ensino Médio os desafios são ainda maiores. As atividades desenvolvidas, assim como o material didático utilizado, estão voltados aos vestibulares, ENEM e outros concursos. O Ensino Médio do Colégio Geração garante aos alunos uma base sólida de aprendizagem, excelente estrutura de ensino-aprendizagem, oportunidades para testar e aprofundar seus conhecimentos e desenvolver a confiança necessária para ingressar no Terceirão.

Conheça nosso projeto pedagógico para alunos do Ensino Médio →

01/12/2020
Gabriel Walter Fuchsberger