A importância de incentivar a criação de uma rotina de estudos

Confira algumas dicas de como criar uma rotina de estudos e incentivar bons hábitos nas crianças e jovens.

Seja para crianças, jovens ou mesmo para os adultos, criar uma rotina de estudos é fundamental para manter o bom desempenho escolar. Com organização de horários determinados e um local adequado para suas tarefas diárias, o estudante consegue aprender não somente o que é ensinado na escola, mas também passa a desenvolver hábitos que serão fundamentais no futuro.

No entanto, muitos pais e mães sentem dificuldade em orientar os filhos e, até mesmo, fazer com que cumpram com seus deveres escolares. Ao mesmo tempo, as crianças perdem facilmente o interesse pelos estudos quando não são guiadas por uma rotina de afazeres bem definida.

Por isso, preparamos algumas dicas para ajudar neste processo, sobretudo em tempos onde grande parte da família precisa dividir os espaços de convívio com o trabalho e os estudos. Confira!

Rotina de estudos ajuda o cérebro a render mais

Não é só na disciplina e organização das tarefas que a rotina de estudos ajuda. O cérebro também passa a receber estímulos e, consequentemente, seu rendimento é maior. Isso ocorre por conta das associações, que faz com que a mente seja despertada.

Sejam lugares, cheiros, sensações, horários… O cérebro associa esses estímulos aos eventos em que já foi exposto. Portanto, ao estabelecer um cronograma, com hora e lugar específicos, automaticamente a função cerebral irá associar a necessidade de foco e concentração.

Nesse sentido, vale ressaltar que estudar na véspera nunca é o suficiente. É necessário um espaço de tempo para que as repetições se tornem memórias para o cérebro no longo prazo, e por isso estudar precisa ser um hábito diário. 

Assim como um esportista treina diariamente, o estudante também precisa treinar com constância para alcançar os melhores resultados.

Dicas para criar uma rotina de estudos eficiente

A eficiência da rotina de estudos vai muito além do calendário. É preciso, antes de tudo, conseguir cumprir o cronograma estabelecido, e por isso ele deve ser montado de acordo com o cotidiano e o perfil da família. Isso evita que se torne algo maçante, cansativo e que faça a criança ou o adolescente perder o interesse rapidamente.

A seguir, separamos algumas dicas que ajudarão a organizar esta rotina e tornar o dia a dia mais produtivo e os estudos mais prazerosos.

Defina um local para estudar

Escolher um local adequado é fundamental para uma rotina de estudos organizada e eficiente. Ficar na cama, na mesa da cozinha ou no sofá, além de não ser confortável, pode gerar interrupções, principalmente em famílias maiores.

Por isso, é importante ter uma escrivaninha em um lugar tranquilo, sem muito barulho, onde o estudante possa se concentrar. O local ideal de estudos deve ter as seguintes características:

  • ser o mais silencioso possível, de preferência distante de barulhos da rua;
  • ficar longe de distrações (como tv ligada, conversas de terceiros etc);
  • possuir uma mesa e cadeira próprios, com algum nível de conforto e espaço para os materiais;
  • ser arejado e bem iluminado.

Claro que nem sempre é possível ter todas essas comodidades, mas ainda assim é importante delimitar um local próprio e, sobretudo, respeitar o espaço enquanto a criança estiver fazendo suas lições.

Avalie suas atividades diárias

A rotina de estudos depende muito do funcionamento de outras atividades e da rotina da família. Horários de chegada e saída dos pais para o trabalho, assim como as atividades dos irmãos, influenciam na escolha do melhor momento para se dedicar às lições.

Portanto, criar uma agenda é fundamental para escolher o horário mais adequado aos estudos.

Estabeleça horários fixos

Estudos científicos mostram que é necessário cerca de 60 dias para criar um hábito e incorporá-lo à rotina. Ainda que algumas atividades exijam um pouco mais de esforço, dentro desse período já é possível obter resultados.

Por isso, delimitar um horário fixo é essencial para criar uma rotina de estudos, pois assim, dentro de pouco tempo, ela se tornará um hábito, o que torna todo o processo mais fácil.

Monte um roteiro para as disciplinas que deverão ser estudadas

Sabendo qual a melhor hora para estudar e tendo um local definido, é o momento de montar o roteiro com as disciplinas e suas respectivas lições. Para aquelas onde o aluno encontra mais dificuldade, é importante dedicar um tempo extra. 

Além disso, se a escola disponibilizar um calendário de provas e atividades, também é preciso destacar as datas que exigirão uma dedicação maior. Com tudo organizado, fica mais fácil cumprir o cronograma e não desviar o foco para as matérias que exigem menos.

Evite as distrações

Atualmente é impensável estudar sem acesso à internet, não é mesmo? No entanto, os pais devem estar atentos sobre o quanto isso pode beneficiar ou prejudicar a criança ou o adolescente.

Obviamente, pode ser necessário deixar o acesso à internet livre, mas é indispensável se manter distante das distrações do smartphone, principalmente das redes sociais. Do mesmo modo, televisão ligada ou música alta interferem na concentração.

Assim, o local de estudos deve ficar longe destas distrações, ou então os aparelhos precisam permanecer desligados, e para isso é preciso contar com o apoio de todos.

Faça pausas no decorrer dos estudos

Pequenas pausas durante o horário de estudos são fundamentais! Levantar da cadeira e movimentar o corpo, fazer um lanchinho e dar uma olhada rápida no celular não irá atrapalhar se for feito com disciplina.

Estes momentos também devem estar previstos na rotina de estudos, para não se tornarem distrações prejudiciais. Por isso, estabeleça alguns minutos de pausa no cronograma. 

Incentivar seu filho com algum benefício nesses momentos pode contribuir para que ele não se sinta desconfortável enquanto precisa somente focar nas lições.

Utilize diferentes métodos de estudo

Incentive a criança a variar as formas de estudar. Leituras, exercícios, vídeos e outros materiais interativos podem ser intercalados. Isso tornará a rotina de estudos mais dinâmica e prazerosa.

Troque algumas horas ao celular por momentos de leitura

Incentivar a leitura dos filhos pode ser um grande trunfo para os estudos. Uma dica é estimular a criança a trocar uma ou duas horas de celular, videogame ou computador pela leitura de contos, histórias em quadrinhos ou quaisquer outros tipos de literatura que sejam interessantes e chamem a atenção.

Fazendo isso, é possível criar o hábito da leitura, e mostrar que existem outras formas de diversão além dos eletrônicos, que em excesso são muito prejudiciais.

Cuide da saúde física e mental

Uma rotina de estudos regrada consome energia e pode ser bastante cansativa, tanto física quanto mentalmente. Por isso, cuidar da saúde é importante para melhorar os estudos.

Boa alimentação, hidratação e atividades físicas devem ser estimuladas desde cedo. No caso de crianças menores, é fundamental manter as consultas de rotina com o pediatra, e sempre observar como seu filho se sente em diferentes momentos, mas principalmente enquanto estuda.

Ensino Médio - do 1ª e 2ª séries

Ensino Médio – do 1ª e 2ª séries

No Ensino Médio os desafios são ainda maiores. As atividades desenvolvidas, assim como o material didático utilizado, estão voltados aos vestibulares, ENEM e outros concursos. O Ensino Médio do Colégio Geração garante aos alunos uma base sólida de aprendizagem, excelente estrutura de ensino-aprendizagem, oportunidades para testar e aprofundar seus conhecimentos e desenvolver a confiança necessária para ingressar no Terceirão.

Conheça nosso projeto pedagógico para alunos do Ensino Médio →

02/08/2021
Kélen Oliveira